Maioria dos pais não vê sobrepeso dos filhos como problema de saúde

Banner de dentro dos postsPesquisa analisou os hábitos das crianças à mesa e o comportamento dos pais frente a essas práticas

Uma pesquisa online feita pela PROTESTE – Associação de Consumidores apurou a rotina da garotada e de seus pais para descobrir como eles têm lidado com a comida no dia a dia. O levantamento, que contou com 123 participantes, chegou à conclusão de que existe uma falta de controle sobre os hábitos alimentares das crianças. Em primeiro lugar, 36% delas consomem fast food de três a quatro vezes por semana e 28%, de cinco a seis vezes por semana. Além disso, 70% dos meninos e meninas não jantam todas as noites e 23% não tomam café da manhã diariamente.

Pior: nem todos os pais notam que seus filhos estão gordinhos. E, mesmo entre a minoria que consegue, surge outro porém: a maior parte não acha que a barriga avantajada faz mal à saúde nessa fase da vida. Ao constatar que o filho está acima do peso, 42% disseram não fazer nada especial (apenas reduzir a quantidade de comida oferecida à criança em cada refeição). Já 33% estimulam atividades para aumentar o gasto calórico cotidiano, como subir escadas e andar mais. Apenas 25% dos pais matriculam o filho em aulas de dança, natação ou futebol após perceber que eles estão rechonchudos demais.

A pesquisa também mostrou que 22% dos casais são formados por duas pessoas acima do peso (em 12% dos casos, pelo menos um dos parceiros é obeso). Vale ressaltar que o risco de as crianças sofrerem com a balança aumenta se um dos pais estiver com excesso de peso — motivo de sobra para que os adultos fiquem atentos.

angry_kid_over_happyMeal_with_text

Sabemos que o estado nutricional na infância repercute na saúde na vida adulta. Por isso é essencial não descuidar do que vai parar no prato da garotada — sem neurose, claro. Se você não sabe como fazer isso, confira algumas receitas para preparar com o pequeno. Nesse sentido, também vale incentivar as brincadeiras ao ar livre e a prática de esportes.

ESCRITO POR

KAROLINA BERGAMO
EDITADO POR

THEO RUPRECH

Fonte:PROTESTE – Associação de Consumidores

Fonte:http://mdemulher.abril.com.br/saude/saude-e-vital/maioria-dos-pais-nao-ve-sobrepeso-dos-filhos-como-um-problema-de-saude

You May Also Like

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: