Jantar depois da academia: 10 opções para recuperar os músculos pós-treino

Banner de dentro dos postsFazer um bom jantar depois da academia é fundamental para quem prefere treinar de noite. A seguir, conheça dez opções de comidinhas que garantem a recuperação e, consequentemente, os resultados

Depois do treino, é mais do que necessário fazer uma boa refeição para recuperar os músculos e garantir os resultados. Quem se exercita de manhã já está habituado a tomar um shake pós-treino, mas quem vai para a academia de noite acaba na dúvida – afinal, ninguém merece dormir com aquela sensação de estômago pesado. Por isso, é importante fazer um jantar depois da academia equilibrado, com nutrientes e, ao mesmo tempo, leves.

Para a nutricionista esportiva Isabella Correia, do Rio de Janeiro, as pessoas se preocupam demais com a proteína e carboidrato, mas acabam se esquecendo das gorduras. Elas são fundamentais para a síntese de testosterona (sim, você leu certo!), hormônio de grande importância na síntese de músculos, mesmo para as mulheres. Também há negligência no consumo de vitaminas e sais minerais. “Sem eles, o metabolismo de carboidratos, gorduras e proteínas acaba sendo prejudicado. Isso pode atrapalhar todo o processo de ganho de massa muscular”, explica.

A seguir, a expert ensina você a montar um jantar depois da academia equilibrado, veja só!

1. Sopa de legumes

7035

Por ser levinha, ela é ótima opção para ingerir sem ficar falando com a comida a noite toda. “Certifique-se de adicionar uma fonte de proteína e uma de carboidrato à mistura, como frango e batata-doce, respectivamente”, orienta a nutricionista esportiva Isabella Correia, do Rio de Janeiro. Aqui, temos uma receita de sopa de beterraba – planta que dá aquela força para recuperar os músculos depois do treino.

2. Shakes nutritivos

7036
Assim como nos treinos matutinos e vespertinos, o whey protein também é grande amigo de quem treina de noite. Ensinamos você a fazer um shake de morango rico em proteínas, veja aqui.

3. Sanduíche light

7037

“Prefira pães totalmente integrais e não se esqueça das fontes de proteínas no recheio, como presunto magro sem gordura ou frango”, indica Isabella Correia. Temos algumas sugestões deliciosas, veja só:

Receita light: sanduíche de frango com maionese picante
Receita de sanduíche de berinjela
Sanduíche de atum com gergelim
Sanduíche light de frango com ricota

4. Salada de quinoa

7038

Esse grão é uma das melhores fontes de proteínas disponíveis – e o melhor, pode ser consumida de diversas maneiras. A nutricionista indica fazer dela a estrela de uma salada junto a legumes e ervas frescas (veja uma receita aqui)
A quinoa também pode ser usada em outros pratos:
Risoto de quinoa para regular o intestino
Tabule de quinoa real
Sopa reparadora muscular de quinoa
Tomate recheado com quinoa
Quinoa à grega

5. Batata-inglesa

7039
Ao contrário da batata-doce, que leva mais tempo para ser absorvida, essa variação é rapidamente assimilada pelo organismo, sendo ideal para a energia gasta no treino. Experimente preparar essa sopa de batata e legumes que você confere a receita aqui.
Foto: Pixabay

6. Arroz branco

7040
Assim como a batata-inglesa, o arroz branco também tem alto índice glicêmico e repõe a energia gasta no treino em um pulo.

Foto: Shutterstock

7. Clara de ovos

7041
Fonte de albumina, proteína de alto valor biológico – ou seja, é rica em aminoácidos que o organismo não produz sozinho, vindo da alimentação. Por isso, é ótima para recuperar os músculos depois do treino. Aposte no omelete para um jantar depois do treino gostoso e nutritivo. Aqui temos algumas sugestões:
Omelete da dieta da apresentadora Eliana
Omelete de espinafre
Omelete de berinjela

Foto: Shutterstock

8. Vegetais e frutas

7042
Possuem vitaminas (principalmente A, C e E) e outros nutrientes de ação antioxidante, que suprimem os radicais livres que o corpo produz durante o exercício. Essas substâncias envelhecem as células e dificultam a reparação do tecido muscular, por isso, consumir essas delícias naturais é uma boa maneira de se recuperar depois do treino. Alguns exemplos são:
Frutas vermelhas (morango, uva roxa e vermelha, framboesa, cereja, amora e mirtilo)
Folhas verde-escuras (rúcula, agrião, espinafre, acelga, escarola e afins)
Frutas cítricas (limão, laranja e lima-da-pérsia)

9. Queijo branco

7043
Além o baixo teor de gordura, ele é fonte de proteínas e cálcio, ambos de grande valia na recuperação dos músculos.

Foto: Pixabay

10. Peixes

7044
Riquíssimos em proteínas e excelentes fontes de ômega 3 – ácido graxo poli-insaturado que tem ação antioxidante –, essenciais para o ganho de massa muscular e para a recuperação dos músculos no pós-treino.

Foto: Shutterstock

Por:r Ana Paula de Araujo

Fonte:Isabella Correia,nutricionista esportiva do Rio de Janeiro,

Transcrito:http://corpoacorpo.uol.com.br//dieta/nutricao/jantar-depois-da-academia-10-opcoes-para-recuperar-os-musculos-postreino/10040#foto=10040-9

Banner de dentro dos posts 2

You May Also Like

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: