Conheça 5 alimentos antioxidantes poderosos e seus benefícios!

Uma lista com 5 alimentos antioxidantes poderosos para ajudar você a se prevenir contra doenças degenerativas e melhorar a qualidade da alimentação

Todo dia somos expostos a diversos fatores que estimulam a produção de radicais livres no nosso organismo, como a poluição e os raios solares. Apesar de necessários ao organismo, esses elementos em excesso podem causar disfunções e desestabilizar células saudáveis. Para ajudar você a ter uma alimentação mais saudável e que equilibre a produção de radicais livres, preparamos uma lista com 5 alimentos antioxidantes poderosos. Confira!

Azeite
Por ser rico em gorduras benéficas, protege o coração. “Esses ácidos graxos, como o ácido oleico, presente em altas concentrações no azeite, reduzem o nível de LDL (colesterol ruim) e a sua oxidação”, explica a nutricionista Jacqueline Fernandes. Já os antioxidantes, como os polifenóis e a vitamina E, agem como protetores das células, evitando o envelhecimento precoce. Por essa razão, retardam o aparecimento de rugas e manchas na pele.

Os antioxidantes neutralizam a ação dos radicais livres, elementos que, em excesso, podem desencadear tumores. Assim, o azeite funciona como alimento anticancerígeno. As gorduras benéficas, aliadas aos antioxidantes, protegem o cérebro contra Alzheimer e outros distúrbios da memória. Isso porque as gorduras estão presentes na composição das células nervosas e os antioxidantes as protegem contra danos.

Linhaça
Assim como o peixe, a linhaça é rica em ômega-3, que a torna um anti-inflamatório natural e excelente regulador hormonal. “O ômega-3 presente em abundância na linhaça reduz o colesterol ruim e aumenta o bom (HDL). Também melhora a estabilidade da membrana cerebral e a transmissão de serotonina e dopamina, reduzindo os sintomas depressivos”, explica a nutricionista Lilian Speziali. Se consumida com moderação, é capaz de prevenir tumores, graças à lignana, que ainda possui outra função, como explica a especialista: “As lignanas possuem atividade fitoestrogênica, ou seja, agem de forma semelhante ao estrógeno, hormônio reduzido na fase da menopausa. Portanto, a linhaça reduz os efeitos desse período, como as ondas de calor”.

Peixes
Alerta da especialista: o risco de tumores cancerígenos como o de mama, próstata e cólon, é reduzido em pessoas que consomem peixe pelo menos duas vezes por semana. “Os peixes favorecem a saúde do coração e do cérebro, pois representam a principal fonte de ômega 3, importante para a prevenção de doenças como Alzheimer e Parkinson”, ressalta a a nutricionista Greice Caroline Baggio. O ômega 3 é um ácido graxo presente principalmente em peixes gordos como salmão, atum e anchova. “Diferente das carnes gordas, os peixes gordos são saudáveis, pois o ômega 3 é benéfico para o coração, tem ação anti-inflamatória, melhora a função cerebral e articular e facilita a recuperação muscular após o exercício intenso”, explica a médica ortomolecular e nutróloga Tamara Mazaracki.

Tomate
Até hoje, o tomate é alvo de estudos e pesquisas na área da nutrição. Mas o que já foi descoberto nos estimula a incluir o alimento no cardápio. Afinal, seu consumo previne câncer e fortalece o coração. Possui vitaminas e minerais, mas sua principal substância é o licopeno. “É o componente que dá a cor vermelha ao tomate. Tem ação antioxidante, reduzindo o risco de câncer de próstata e de mama”, comenta a nutricionista Márcia Dal Médico. Também previne a aterosclerose (placas de gordura nas artérias) e, por isso, protege o coração, reduzindo o risco de infarto. O licopeno está presente em alimentos de cor vermelha, como goiaba e melancia, mas o tomate é um dos alimentos mais ricos nesse composto e ainda fornece vitamina C, potássio e fósforo.

Uva
Quem ganhou o título de protetor do coração foi o vinho. É só lembrar da frase: “Uma taça diária e seu coração ficará forte e sadio”. Mas isso é graças às poderosas substâncias da uva: os polifenóis, elementos presentes nos vegetais e responsáveis por defendê-los contra a radiação ultravioleta e o ataque de fungos, vírus e bactérias. Agora, se os polifenóis já têm essa função nas plantas, imagine então quando são ingeridos? Blindamos nosso organismo por inteiro! Nas uvas, os principais polifenóis são os flavonoides e o resveratrol. “Os flavonoides melhoram a circulação, previnem danos contra as artérias e, como são antioxidantes, retardam o envelhecimento”, diz a nutricionista Barbara Sanches. O resveratrol também atua na circulação sanguínea e protege o organismo contra doenças respiratórias, como asma e bronquite. Juntos, reduzem o colesterol e fortalecem o coração.

Por: João Paulo Fernandes

Texto:João Paulo Fernandes/Colaborador

Fonte: Barbara Sanches, Greice Caroline Baggio, Jaqueline Fernandes, Lilian Speziali, nutricionista e Márcia Dal Médico, nutricionistas; Tamara Mazaracki, médica ortomolecular e nutróloga

Transcrito: https://www.altoastral.com.br/alimentos-antioxidantes-poderosos/

You May Also Like

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: