Aposte no treino metabólico para queimar calorias

Banner de dentro dos postsTreinamento de alta intensidade e curta duração ajuda a combater a gordura.

Você já pensou em queimar calorias e se divertir com uma atividade física rápida e cheia de energia? O treino metabólico pode ser uma opção. Ele mescla diversos exercícios que prometem transformar o seu “shape”. É para acabar com as gordurinhas e trabalhar a musculatura de maneira efetiva.

O objetivo desse tipo de treino é aumentar o gasto energético e proporcionar ao metabolismo um consumo maior de gordura após o termino da atividade. Quem explica é Luiz Henrique De Melo Raksa, professor da Academia Bio Ritmo: “Os treinos utilizam exercícios de musculação ou exercícios funcionais aliados ao treinamento cardiovascular”. Saiba mais a seguir.

Tudo sobre o treino metabólico

Esse treinamento é de alta intensidade e de curta duração. Ou seja, é ideal para quem não tem tempo a perder e precisa garantir uma boa dose de endorfina no dia a dia. Geralmente é composto por exercícios realizados em sequência, com ou sem pausa entre uma série e outra. As particularidades do aluno são levadas em conta para obter melhores resultados.

size_810_16_9_mulher-academia

“As escolhas dos exercícios são feitas a partir do número de articulações e o volume muscular abrangente, o que proporciona o maior gasto energético, por serem multiarticulares”, comenta o professor. Se você está pensando em investir nessa atividade física, é bom observar esses detalhes para realizar as séries com segurança.

O treino metabólico possui um alto gasto calórico e o seu maior benefício é o também alto consumo energético. “Ele proporciona um tempo maior de ativação do metabolismo, que ainda consome mais energia e gordura após o termino da atividade”, aponta Luiz Henrique. Assim, o emagrecimento é praticamente garantido.

Os principais exercícios incorporados ao treino são leg press, supino, puxadas e remadas e abdominais. Raska explica que não há necessidade de incluir movimentos monoarticulares como bíceps, tríceps e ombro. “O seu volume muscular não proporciona um gasto energético elevado”, afirma.

Por ser mais pesado e exaustivo, o treino metabólico é indicado para alunos experientes. Quem tem uma vivência motora bem desenvolvida pode curtir e ter bons resultados. “Ele também pode ser aplicado como uma sequência pedagógica, com exercícios realizados em máquinas e de menor grau de dificuldade motora para os iniciantes”, exemplifica.

Perigos do treino metabólico

A prática diária pode acarretar problemas de saúde, como qualquer outra atividade. O treino metabólico deve ser realizado com o controle das variáveis. Vale ficar de olho no uso de cargas muito pesadas, por exemplo. Elas podem causar dores articulares ou até mesmo lesões nas estruturas ósseas e musculares.

O exagero na frequência dos treinos também é perigoso. O chamado overtraining pode gerar estresse fisiológico e diminuir a imunidade do praticante. Outros sintomas são irritabilidade e sensação de extremo cansaço. Portanto, mantenha uma rotina tranquila e aposte em dias de repouso para o desenvolvimento da musculatura trabalhada.

Gostou das dicas de atividade física? Então aproveite para compartilhar o artigo com seus amigos interessados em perder peso! E não se esqueça de conferir as novidades de saúde e alimentação do Vivo Mais Saudável.

POR
REDAÇÃO

Fonte:Luiz Henrique De Melo Raksa, professor da Academia Bio Ritmo:

Transcrito:http://vivomaissaudavel.com.br/atividade-fisica/exercicios-e-treinos/aposte-no-treino-metabolico-para-queimar-calorias/

Banner de dentro dos posts 2

You May Also Like

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: